Tudo que você precisa saber sobre Tradução Simultânea

Saiba como é feito o serviço de Tradução Simultânea e descubra a importância do intérprete para o seu evento. 

traducao-simultanea-rodrigo-guedes1.jpg

Entenda a importância da tradução simultânea para a efetividade da comunicação em eventos.

Por Taiany Gonçalves

Imagine uma palestra na qual o palestrante e o público são mudos, surdos e cegos. Imaginou? Você deve estar se perguntando onde está a comunicação! Pois é, ela não existe. Mas não é preciso imaginar algo tão hipotético.

Situações com barreiras na comunicação existem com bastante frequência, principalmente quando os receptores conhecem pouco ou nada da língua falada pelo emissor. Nesses casos, é necessária, portanto, a realização de uma imediata intermediação, ou seja, de uma tradução simultânea.

O que é tradução simultânea?

Com certeza você já deve ter visto uma tradução simultânea em eventos internacionais transmitidos pela televisão, como o Oscar, o Globo de Ouro, a entrevista de jogadores na Copa do Mundo, entre outros.

Também comumente chamada de interpretação simultânea, esse tipo de tradução ocorre quando um intérprete transpõe para outro idioma, em tempo real, a fala de alguém.

Feita de forma oral, essa interpretação tem o objetivo de fazer com que o público ouvinte compreenda, em sua língua, o que está sendo falado em outro idioma, promovendo, portanto, efetividade na comunicação entre aquele que fala e aquele que escuta.

Como é o trabalho do intérprete simultâneo?

Ao ser contratado para cobrir um evento, seja congresso, curso, palestra, reunião, entrevista, etc., o intérprete simultâneo se informa e estuda sobre o tema que será tratado, bem como sobre as características da fala do orador, ou seja, daquele a quem irá interpretar, traduzir. Seu trabalho começa muito antes do que aquele que é realizado, geralmente, dentro de uma cabine, que é tornado público.

Feitas as pesquisas e toda a preparação, o intérprete, agora sim na cabine do evento – com isolamento acústico – ouve o que é dito pelo orador, em uma determinada língua e, então, expressa, por microfones, o mesmo discurso já proferido, porém em um novo idioma.

Esse profissional é, portanto, uma pessoa com um amplo conhecimento da língua a ser interpretada, hábil e preparado para trabalhar sob grande pressão, já que atua no imediatismo.

Para que serve a tradução simultânea?

Se você vai a um evento em que o palestrante fala um idioma que você não conhece ou não tem domínio, a tradução simultânea será a responsável pela sua compreensão e entendimento do que é dito. De outro modo, você sairá do evento com pouca ou nenhuma informação.

E se ainda está em dúvidas sobre a necessidade ou não de contratar um intérprete para o evento da sua empresa, lembre-se que a comunicação só existe quando o receptor capta a mensagem que lhe foi enviada. Caso contrário, não há comunicação.

A barreira linguística é um dos fatores, talvez o maior, que comprometa o primeiro objetivo da realização de um evento: comunicar, transmitir uma ideia.

Além de poder atingir um público que não domina o idioma que será falado pelo orador, a tradução simultânea não irá comprometer o tempo estabelecido para a realização do evento, já que ela ocorre concomitantemente ao discurso proferido.

Um exemplo da importância desse serviço

traducao-simultanea-rodrigo-guedes-2.png

Bastidores da tradução simultânea no programa ‘É Campeão!’, do canal SporTV. (Foto: Luiz Maximiano/VEJA)

Em 2014 a realização do programa ‘É Campeão!’, do canal SporTV, só foi possível graças ao serviço de interpretação simultânea.

Cinco pessoas de diferentes nacionalidades conversavam entre si sobre futebol, cada um em seu idioma: dois brasileiros, um argentino, um alemão e um italiano.

Cinco intérpretes ficavam dentro de cabines isoladas ao lado da ilha de edição. Três vozes chegavam ao público pela televisão e as outras duas, que não eram ouvidas pelo telespectador, permitiam que o argentino e o italiano compreendessem a fala do alemão e vice-versa.

Sem os intérpretes o programa não ocorreria.

Diferença entre tradução simultânea e tradução consecutiva

Como você já viu, a tradução simultânea acontece em tempo real, de forma contínua e concomitante à fala original, através de microfones e fones de ouvido.

Já a consecutiva não utiliza equipamentos e há uma intercalação entre as falas do orador e do intérprete. Ou seja, o orador é interrompido para que seja feita a tradução. É indicada para pequenas reuniões.

Aplicativos de tradução simultânea x intérprete

Google-Tradutor-Android-1.jpg

Aplicativos e programas de tradução estão cada vez mais comuns. O mais conhecido é o Google Tradutor, que, segundo matéria do Jornal O Globo, em 2016 tinha, por mês, cerca de 500 milhões de usuários no mundo. Além de traduzir textos, ele possui recursos de tradução de voz em tempo real.

No último ano foram lançados pela Google os Pixel Buds, fones de ouvido com conexão bluetooth que fazem a tradução simultânea de uma voz – um microfone capta o áudio e o sinal é devolvido com o conteúdo traduzido.

Além dele existem outros, como o Skype Translator, que faz a tradução de voz simultânea de algumas línguas e permite que usuários que possuem diferentes línguas nativas se comuniquem em seus próprios idiomas.

Mas, atenção, essas ferramentas não são perfeitas! Algumas palavras não são traduzidas de forma correta. Liane Lazoski, presidente em 2016 da Associação Brasileira de Tradutores e Intérpretes (Abrates), disse, em entrevista ao jornal O Globo, que é necessário ter critério para utilizar essas ferramentas, e destacou o seguinte: “Para coisas mais complexas e, principalmente, uso profissional indiscriminado, eu não recomendo”.

Raffaella Quental, membro em 2016 da diretoria da Associação Profissional dos Intérpretes de Conferência (Apic), disse, para o mesmo jornal, que pela “variabilidade na pronúncia” pode ser difícil a captação pela máquina. “Além disso, há a questão da entonação, dos gestos, da expressão. As máquinas ainda não se equiparam aos verdadeiros intérpretes”, explicou Raffaella.

Em suma: ainda que as ferramentas de tradução auxiliem em algumas questões, elas nunca serão eficazes como um intérprete. A língua é mutável e repleta de detalhes, e as tecnologias, no entanto, por mais avançadas que sejam, não conseguem acompanhar esse trabalho. Não há substituição.

5 dicas para a tradução simultânea do seu evento ser um sucesso

1)    Sempre peça indicações! Primeiro tente com pessoas que já precisaram desse serviço. Caso não ache, pesquise por intérpretes na internet e os peça referências de clientes que ficaram satisfeitos.

2)    Continue solicitando indicações. Ao escolher o profissional, sugira que ele te indique uma empresa de locação de equipamentos. Não faça o contrário.

3)    Dialogue bastante com o intérprete escolhido. Você precisa passar a ele a maior quantidade de informações possíveis, como o tema do evento, o local, os palestrantes, o material de referência, vídeos que serão exibidos e precisam de legenda, o número de ouvintes, entre outros. Como você já viu, o trabalho dele começa muito antes da interpretação na cabine. Para que ele execute um bom trabalho, te auxilie nas escolhas e atenda às suas expectativas, é necessário esse diálogo.

4)    Converse com o seu palestrante para que ele não fique lendo o conteúdo. Isso faz com que o público desinteresse pela palestra, além de atrapalhar e artificializar o serviço da interpretação. Caso não tenha outro jeito, encaminhe, com antecedência, o material que será lido ao intérprete.

5)    Esses itens não podem faltar no evento: Wi-Fi, para que o profissional da tradução possa ter eficácia nas pesquisas de termos que necessitar, e água, que é indispensável para quem falará por muito tempo seguido.

Utilize esses critérios e você não correrá o risco de decepcionar o seu público.

Relatos de quem já precisou da tradução simultânea

iStock_000014690394Small.jpg

O alívio dos que participam de eventos com a interpretação simultânea é grande!

Ø  Rafael Nonato, repórter da Rádio Itatiaia, por conta de seu trabalho, participa com uma certa frequência de eventos com a presença de convidados internacionais. Para as coberturas jornalísticas que faz, ele encontra na tradução simultânea uma aliada constante: “Ela ajuda na compreensão do assunto e na integração entre palestrante e plateia. Traz dinamismo entre emissor e receptor”.

Ø  O também repórter da Rádio Itatiaia, Osmar Macedo, em sua época de estudante participou de uma palestra com tradução simultânea na Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais, que teve o pesquisador americano Richard Grusin como orador. Para ele, a interpretação simultânea é fundamental na medida em que possibilita a inclusão de um público que não tem habilidade em determinado idioma – que foi o caso na mencionada palestra em inglês. “Não pode haver barreiras na comunicação e a informação deve ser acessível a todos. Isso significa a democratização do conteúdo ministrado”, explica.

Ø  O sentimento de Maria Theresa de Paula, bióloga graduada pela Universidade Federal de Minas Gerais, ao participar de um congresso internacional com a interpretação simultânea foi de inclusão e acessibilidade. “Ter acesso a esse tipo de tradução ajuda bastante, principalmente em contextos onde temos palestrantes e ouvintes de diferentes nacionalidades. Fazendo uso dessa ferramenta eu pude ter acesso a todas as palestras do meu interesse, o que tornou a minha experiência mais completa e proveitosa. A tradução simultânea é muito importante nesse tipo de evento, pois, no geral, são poucas as pessoas que possuem o domínio em outro idioma e isso acaba sendo um obstáculo à participação”, relata sua experiência.

Confira um resumo sobre a Tradução Simultânea:

.jpg

Buscando a superação dos desafios linguísticos e culturais a fim de proporcionar a todos uma comunicação efetiva, clara e dinâmica, bem como a integração e interação entre as pessoas, a empresa Rodrigo Guedes Tradução Juramentada oferece, dentre outros serviços, a Tradução Simultânea.

Conte conosco para fazer do seu evento um verdadeiro intercâmbio de informações e conteúdo. Solicite já o seu orçamento!

 

Fontes:

Associação Profissional de Intérpretes de Conferência. Disponível em:

http://www.apic.org.br/

É Campeão!, uma babel organizada. Site da revista Veja. Disponível em: https://veja.abril.com.br/esporte/e-campeao-uma-babel-organizada/

Especialistas discutem se apps de tradução podem reduzir interesse em aprender idiomas. Site do jornal O Globo. Disponível em: https://oglobo.globo.com/sociedade/tecnologia/especialistas-discutem-se-apps-de-traducao-podem-reduzir-interesse-em-aprender-idiomas-17275085

Interpretação simultânea é um dos mercados promissores do tradutor. Site do Globo Universidade. Disponível em: http://redeglobo.globo.com/globouniversidade/noticia/2012/08/interpretacao-simultanea-e-um-dos-mercados-promissores-do-tradutor.html

Rodrigo Guedes