Envelope lacrado com documentos da universidade e tradução juramentada (oficial)

traducao juramentada rodrigo guedes.jpg

Universidades no exterior às vezes solicitam o diploma e histórico em envelope lacrado pela universidade. Essa é ainda uma prática padrão entre universidades, especialmente por uma questão de proteção das informações, que são de caráter confidencial. Entretanto, os documentos acadêmicos brasileiros precisam ser traduzidos para o idioma exigido pela universidade para que sejam entendidos e avaliados. 

COMO ENVIAR O ENVELOPE LACRADO DA UNIVERSIDADE BRASILEIRA SE PRECISAMOS FAZER A TRADUÇÃO DO DOCUMENTO E A UNIVERSIDADE NÃO FAZ A TRADUÇÃO?

Você precisa recorrer a um tradutor. Ao solicitar a tradução de documentos acadêmicos (diplomas, ementas, históricos) a um tradutor de sua confiança, ele poderá fazer o trabalho sem comprometer o processo.

Uma vez pronta a tradução sugerimos o seguinte passo a passo:

Então como enviar o envelope de forma a reduzir a chance de problemas para aceitar a documentação?

São algumas dicas para isso:

  • O envelope da faculdade deve ter os carimbos dela e se possível a identidade visual ou papel timbrado para garantir a origem do documento.

  • A instituição deve fechar o envelope (contendo os documentos, claro) e carimbar todas as abas com um visto ou assinatura de um responsável da secretaria. Isso garante que ninguém abriu o envelope após a instituição fechá-lo.

  • Consultar a universidade se ela prefere receber os documentos e a tradução no mesmo envelope ou em envelope separado. Sugerimos o envio separado.

    O tradutor incluirá uma nota na tradução dizendo que recebeu os documentos da universidade em envelope lacrado para tradução e, ao finalizar, deverá enviar a tradução em envelope lacrado e assinado, com os originais em envelope separado. Desse modo, as universidades aceitam a documentação e o processo continua sem mais obstáculos. 

Mais alguma dúvida? Escreva aqui