Empresas diminuindo fronteiras: bolsas de estudos de inglês para universitários negros

AAIA_wDGAAAAAQAAAAAAAAn8AAAAJGM0MzljYjI5LWY4NmEtNDI2Zi1iYjE5LTdkZmNkZmZhY2U4Nw.jpg

Dominar a língua inglesa, no passado, era um ótimo diferencial competitivo. Hoje, ter conhecimentos profundos de inglês é condição sine qua non para a maioria dos processos seletivos. Pensando nisso, algumas instituições se uniram para realizar uma ação afirmativa e oferecer 30 bolsas de estudos integral para curso de inglês, com dois anos de duração. O objetivo do projeto é promover mobilidade social por meio da capacitação dos jovens em uma segunda língua.

A Iniciativa LIFT (Língua, Inspiração, Foco, Transformação) está em sua segunda edição e é encabeçada pelo Goldman Sachs do Brasil, o Linklaters e a Bloomberg. Para realizar o projeto, eles contam com a parceria da escola de inglês Alumni e Instituto Ser+, além de possuir apoio do Consulado Britânico, Grupo Cia de Talentos, Souza Cescon Barrieu & Flesch Advogados, Bettha e ATS Globe.

O projeto vai oferecer ensino gratuito da língua inglesa e mentoria para 30 estudantes universitários negros (as) de baixa renda, da Grande São Paulo, que estejam cursando o 3º ou 4º semestre da graduação em 2018. Podem participar os estudantes de qualquer curso de bacharelado, com duração igual ou superior a quatro anos, presencial ou à distância (EAD).

Participar dessa ação é uma grande honra para mim, porque acredito fortemente que a educação é o melhor caminho de mobilidade social que existe. O processo seletivo para as bolsas será composto por algumas etapas, desenhadas especialmente para avaliar o perfil de determinação, resiliência e objetivo real de transformação da realidade. Os estudantes vão participar de jornadas online e presenciais de autoconhecimento e perfil, vídeo pitch e atividades de desenvolvimento comportamental. Ao final, os jovens receberão uma análise do perfil profissional, conteúdo e dicas, além de acesso à plataforma Bettha de recrutamento, que permite buscar vagas de estágio. É importante dizer que mesmo aqueles que não forem aprovados também sairão ganhando, pois o próprio processo seletivo irá proporcionar ao estudante o acesso a conceitos mais modernos de educação para a carreira, que podem – e devem – ser incorporados em seu dia a dia.

As inscrições para a Iniciativa Lift estão abertas e podem ser realizadas por meio do link www.atsglobe.com/oportunidades/iniciativalift, mas fique atento, pois o prazo para inscrição se encerra dia 31 de outubro. As aulas começam no dia 24 de fevereiro de 2018.

Boa sorte para todos!

Por Sofia Esteves (Linkedin)

 

Rodrigo Guedes